quinta-feira, 26 de abril de 2007

* LIGO O RÁDIO *



LIGO O RÁDIO


Na tarde quente
do verão que se expressa
obsceno.

Ligo o rádio..

Ecoam palavras
ditas ao acaso.

Se acaso me leres, verás
quantas letras multiplicadas..

Sorve o brilho
incrédulo
que dorme
ineficaz
no edredom
macio.

Come à mesa palavras que agora
reproduzo
vermelhas..

Ferida aberta
em pensamentos,
dores rasgadas,
enquanto gritar era preciso.

Ligo o rádio..

Desliza o som na mente,
meu cérebro canta
em dó maior.
Canta?

Ou destoa da multidão?

O sorriso de teu olhar
segura minha mão.
Penso..

Não há o que justificar,
diante do perfume
que sobrou no ar.


** Gaivota **

__março 2007__



*************************************************************************************

6 comentários:

Bia disse...

Ligo o rádio..

Desliza o som na mente,
meu cérebro canta
em dó maior.
Canta?

Ou destoa da multidão?

**Gaivota**


uma síntese das dúvidas que perseguem a nossa identidade enquanto pensantes...ligo o rádio e me "ligo" ao mundo? ou meu mundo me basta?

um poema de pensar...e isso faz a gente ser humano.

Bia

M@m@ disse...

Posso nunca ter visto você,
mas sei que você realmente existe.
Eu me tranformo em realidade;
Como magia no ar.
Sua voz é como de um anjo;
Seu abraço é tão quente
quanto o de um amado e querido Amigo.
para mim vc sempre tem uma palavra de conforto, melancolia ou (e)de alegria.
Embora você esteja longe eu sinto vc bem próximo pois suas palavras caem do seu coração para o meu.

Enquanto você estiver em contato comigo , Gaivota, o meu cérebro
e o meu coração nunca estarão só.

Muita paz no seu... O seu rádio traduz tudo de bom!

Um "xêro"
MarcinhaSarmento

Analuka disse...

Ligar...desligar...liberar... deslindar... onde começa e termina nosso desejo, nosso afã de ser e conectar?... Abraços alados.

Edna B. disse...

Gaivota
gostei de estar aqui, um belo lugar recheado das coisas que muito gosto: poesias
abraços, votos de uma boa tarde

M. LIA disse...

[blue]Te tenho no cuore sempre ....desligar ou ligar o rádio da mente?
É uma escolha indispensável: pensar/repensar ...descobrimos muito de nós!

[blue][b]Besos [yellow][b]amararillos [blue]y [purple][b]rojos.

RitaCosta disse...

Olá, Gaivota.
Estou dando umas voltas pela poética virtual e como o seu blog está nos meus favoritos vim ler um cadinho de sua alma poética também.
Tudo por aqui continua belo. Parabéns!
Um abraço.