sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

QUANDO O POEMA SE ESCREVE



QUANDO O POEMA SE ESCREVE


Rasga
o fio do jeans
trava a linha
desata, costura
ameaça
abre-se a manhã no
pouso in parcial
as horas seduzem
palavras sonolentas
novelo deslizado
sonho disfarçado
tinta derramada
o sonho cresceu
no pijama infantil
não cabe mais em si
encresparam-se as rosas
na porta da ventania
a letra perdida
alinhava-se
o poema se escreve
a pausa se cala
o dedo se lambe
no chocolate da boca
o mar se rebela
os poros se arrepiam
a métrica se desmonta
salva-se o poema no
obliquo olhar das estrelas


** Gaivota **
25/10/2008





* * *

2 comentários:

PROFESSORA REGINA XAVIER disse...

Que belíssimo texto,poeta ..Parabéns

** Gaivota ** disse...

Obg Regina, é um incentivo pro poeta.